E se existisse uma plataforma de busca de objetos digitais em diferentes mídias?

Tweet about this on TwitterShare on Facebook12Share on Google+0Share on LinkedIn0

Que tal ter acesso a uma plataforma de busca de objetos digitais em diferentes mídias, mas que são de fato REA (Recursos Educacionais Abertos)?

Este é o objetivo do REliA, uma plataforma que indica e referencia recursos educacionais com licenças abertas.

“Há uma confusão tremenda entre os conceitos “gratuito” e “aberto”, por isso tivemos essa ideia de indicar somente recursos digitais que permitem uso, reuso e adaptação. Além disso, a sigla remete ao “remix”, à “releitura”, o que colabora com o enfoque que queremos dar à iniciativa”, explica a diretora executiva do Instituto Educadigital, que está por trás da iniciativa.

O REliA pretende ser uma plataforma para indicar e organizar os objetos digitais disponíveis, garimpados em um levantamento que está sendo feito nos últimos oito anos pela equipe do Instituto Educadigital. “Temos vários projetos, softwares e iniciativas mapeados, mas estão difusos na web, não é fácil encontrar. O REliA vai oferecer uma interface amigável para isso, facilitando a busca por tipo de mídia, área do conhecimento, nível escolar e, claro, licenças”, completa Priscila.

Mas para que isso seja possível, foi lançada uma campanha no site de financiamento coletivo Catarse com o objetivo de conseguir verba para a criação do REliA.

Conheça o projeto e contribua! Acesse: www.catarse.me/relia.

O futuro do REliA é se tornar a plataforma de objetos educacionais abertos do Brasil, incentivando a produção por educadores e alunos. “Há muito interesse e entendimento quando os educadores compreendem a importância do conceito [REA], não só no que tange ao conhecimento como bem comum, mas também no potencial de autoria que a sociedade digital oferece”, destaca Priscila.

O que são os REAs?

REAs são materiais de ensino, aprendizado e pesquisa, disponíveis em qualquer suporte ou mídia, preferencialmente em plataformas ou formatos livres (software livre), que estejam sob domínio público ou licenciados de maneira flexível, permitindo que sejam utilizados, distribuídos ou adaptados por terceiros.

 

Voltar ao topo